Tags

, , , , , ,

Áudio-cartilha contará as histórias dos índios cearenses e poderá ser usada como material didático nas escolas públicas e particulares. Após um ano de pesquisa de campo e depois de entrevistar os índios mais idosos da comunidade Tapeba, o grupo de pesquisa Muvic está produzindo o primeiro número da áudio-cartilha que contará a história dos povos indígenas do Ceará a partir das lembranças narradas por eles mesmos.

O material poderá contribuir para a efetivação da lei sancionada em 24 de março de 2008, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que inclui no currículo das escolas públicas e particulares de nível fundamental e médio o ensino obrigatório de história e cultura indígena brasileira. A implementação da lei deveria começar a vigorar até este ano de 2010, mas a falta de material didático vem impossibilitando sua aplicação.

Assim, a áudio-cartilha será um importante material didático que pode ser usado no ensino da cultura indígena por meio das falas e histórias contadas pelos próprios índios. O objetivo é fazer uma áudio-cartilha de cada comunidade indígena visitada ao longo de cinco anos do projeto.

Anúncios